Warning: preg_match(): Allocation of JIT memory failed, PCRE JIT will be disabled. This is likely caused by security restrictions. Either grant PHP permission to allocate executable memory, or set pcre.jit=0 in /home/logg2l/public_html/wp-includes/load.php on line 46 segurança – G2L Logistica

Desvendando a Torre de Controle G2L

Por Redação 

Imagine uma operação onde cada movimento é meticulosamente planejado e executado, onde a tecnologia não apenas facilita, mas revoluciona cada etapa do processo. A roteirização e monitoramento tornam-se a chave para a visibilidade e previsibilidade das atividades logísticas, elementos fundamentais para otimização e eficiência operacional. E se você está por dentro das tendências logísticas, sabe bem que este já não é um cenário utópico. 

A torre de controle logístico oferece uma visão panorâmica e detalhada de toda a operação logística. Embora as funcionalidades de uma torre de controle não sejam novidades para quem já atua na área logística nas últimas décadas, nesta publicação abordaremos o que há de diferencial e inovador na Torre de Controle da G2L. 

Como um centro nervoso, cada movimento é cuidadosamente monitorado e otimizado em tempo real, desde a localização das cargas até os dados de Gestão de Riscos, como o comportamento dos motoristas nas estradas. 

Como funciona nossa Torre 

  • Formatação automática das cargas: adeus às dores de cabeça causadas pela otimização de espaço nos caminhões. A Torre de Controle G2L é capaz de formatar automaticamente as cargas, fracionadas ou não, para todos os tipos de veículos, garantindo que todo o espaço seja aproveitado.  
  • Posicionamento em 3D das cargas: não se trata apenas de encaixar mercadoria em um caminhão. A Torre de Controle leva a otimização a outro nível, considerando peso, compatibilidade entre os materiais e até mesmo o equilíbrio do peso nas carretas, mitigando riscos de tombamento. Tudo isso através de um avançado posicionamento em 3D das cargas. 
  • Roteirização inteligente: a Torre de Controle G2L seleciona as rotas com base em critérios rigorosos de segurança, garantindo não apenas a entrega pontual, mas também a integridade dos motoristas e das mercadorias. 
  • Monitoramento on time e online: graças ao acompanhamento em tempo real, os gestores têm acesso às previsões e alertas de entrega atualizadas. 
  • Controle efetivo dos motoristas: desde o controle das jornadas de trabalho até o monitoramento do comportamento na estrada, a Torre de Controle garante que os motoristas estejam sempre operando com segurança e eficiência. 
  • Câmeras 360º: com uma visão completa do interior e ao redor dos caminhões, as câmeras 360º fornecem alertas instantâneos de possíveis riscos de acidentes, garantindo a segurança de todos na estrada. 
  • Monitoramento interno da cabine: Até mesmo os movimentos dentro da cabine são monitorados de perto, com câmeras identificando possíveis distrações, fadiga ou sonolência por parte dos motoristas, garantindo uma viagem segura e sem contratempos.

Benefícios e resultados 

Os benefícios e resultados proporcionados pela implementação da Torre de Controle G2L são notáveis. Com sua integração inteligente de tecnologia e processos, os clientes podem esperar uma série de vantagens tangíveis, como: 

  • Aprimoramento da eficiência operacional, resultando em processos mais ágeis e produtivos. 
  • Redução significativa de custos operacionais, tanto em termos de tempo quanto de recursos financeiros. 
  • Aumento da segurança nas estradas, com monitoramento em tempo real e identificação proativa de potenciais riscos. 
  • Garantia de satisfação do cliente, assegurando entregas pontuais, precisas e transparentes, que fortalecem a confiança e fidelidade do cliente. 

Esses benefícios combinados otimizam as operações logísticas e contribuem para uma experiência global aprimorada, tanto para as empresas quanto para seus clientes. 

Portanto, a Torre de Controle G2L não é apenas uma peça de tecnologia, mas um símbolo de inovação e excelência na gestão logística. Ao reunir o poder da roteirização inteligente e monitoramento detalhado, ela transforma desafios complexos em soluções simples e eficazes.

Cada vez mais, investir em tecnologias como esta não é apenas uma opção, mas uma necessidade. É o caminho para se destacar no mercado, garantindo operações logísticas mais eficientes, seguras e alinhadas com as expectativas dos clientes. 

Quer saber mais? Estamos abertos a receber visitas em nossa Torre de Controle, em São Paulo. Venha falar com nosso time e conhecer com mais detalhes o que podemos oferecer para redefinir a eficiência operacional.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe e nos siga nas redes sociais, sempre como @logisticag2L.

Gestão de Riscos e Eficiência Operacional

Jaqueline Moraes 

No cenário altamente competitivo do mercado de logística, onde a busca incessante pela excelência operacional e uma gestão eficaz de riscos são imperativos para o sucesso, destacam-se as empresas que conseguem incorporar esses princípios em sua cultura empresarial.  

Companhias que tratam a mitigação de riscos não apenas como uma tarefa reativa, mas também preventiva. Investindo em tecnologia, pessoas, processos e análise de dados, é possível estabelecer parâmetros rigorosos de segurança que não apenas detectam irregularidades, mas as previnem.  

Neste artigo, vamos abordar um pouco melhor o assunto e usarei a minha experiência na G2L, onde atuo como Coordenadora de Gerenciamento de Riscos desde 2022, para exemplificar a relevância da sua empresa tratar deste tema como prioridade. 

Vamos mergulhar nos princípios e práticas que transformaram a G2L em um exemplo de prevenção de riscos e excelência operacional – no último mês de agosto, por exemplo, houve zero ocorrências de roubo de cargas, mesmo com o grande número de viagens ao atender regularmente 79% das cidades brasileiras. 

O compromisso com a segurança se estende às 25 filiais distribuídas pelo Brasil, onde o treinamento contínuo, a tecnologia e o feedback são valorizados como ferramentas essenciais para aprimorar a operação. 

Tecnologia potencializada por uma cultura de segurança 

Enquanto muitos consideram apenas a tecnologia de ponta como a solução definitiva, entendo que a gestão de riscos vai muito além disso. Embora sua frota conte com equipamentos novos e tecnologia de última geração, por exemplo, o foco na manutenção preventiva, no suporte ao motorista e no planejamento das viagens são algumas ações igualmente relevantes para mitigar riscos. O mesmo vale para outras áreas de gestão. 

Na G2L, contamos com uma Torre de Controle e toda nossa frota é composta por equipamentos novos com a mais atual tecnologia embarcada, porém os índices não dependem somente disso. Além das ações já citadas de manutenção preventiva, suporte ao motorista e planejamento das viagens, realizamos o valioso compartilhamento de conhecimento e treinamento contínuo com equipes e motoristas.   

Com isso, dia após dia, solidificamos uma cultura de segurança, que vêm apresentando números muito sólidos e reconhecidos tanto na organização, quanto aos nossos clientes. Isso em respeito não somente ao número de ocorrências, mas em relação também à redução nos prejuízos. 

Como nossa operação hoje ultrapassa 20 mil viagens mensais, temos uma recorrente demanda por novos motoristas e, nestes casos, a redução nas ocorrências em suas primeiras viagens foi de 60%. Isto é fruto de um trabalho conjunto com as áreas de gerenciamento de risco, operações e segurança viária.  

Neste sentido, a gestão de risco começa muito antes do embarque, fidelizando parceiros e motoristas que estejam alinhados com a visão da empresa sem que isso diminua a capacidade de atendimento aos clientes. 

Resultados Sólidos 

Em relação ao roubo de cargas, tivemos uma diminuição de 80% nas ocorrências, comparando o ano presente com o mesmo período de 2022. Sendo o mês de agosto deste ano um case de sucesso, com nenhuma ocorrência de roubo de cargas. 

A manutenção periódica dos processos, aplicação de treinamento, reciclagem e briefing tanto das equipes internas e dos motoristas parceiros, contribuiu significativamente para evitar riscos de roubo em nossas operações. 

Neste caso, ações em pontos focais como estudo in loco nas regiões de maior recorrência, por exemplo, também foram tomadas. Porém também realizamos muitas ações sem gerar custos adicionais, como por exemplo mudança no horário de rodagem e um novo plano de rota. 

Investindo em Prevenção 

A inserção de postos avançados em unidades de alto risco fortaleceu ainda mais a prevenção de sinistros e roubos de cargas. A criação de uma célula de monitoramento na matriz da G2L permitiu a tomada rápida de decisões e uma investigação interna que resulta em melhorias constantes. 

Com a redução da sinistralidade, além de reduzir custos em seguro, temos condições e coberturas para que nosso time de negócios tenha melhor margem para negociar novos embarcadores, atendendo a qualquer tipo de segmento e recebendo apoio do Corretor e da Seguradora no alcance dos objetivos G2L. 

A história de sucesso da G2L não é apenas uma lição sobre a gestão de riscos e eficiência operacional; é um exemplo inspirador para todo o setor. É um case de como o compromisso com a prevenção, a inovação e a colaboração podem transformar uma empresa em um líder de mercado.

À medida que enfrentamos desafios contínuos na logística, a tendência é que veremos esta abordagem sendo aplicada cada vez mais nas operações.

E qual a sua opinião sobre esse assunto? Interaja conosco nas redes e acompanhe nossos outros conteúdos. Estamos nas principais mídias sociais, sempre como @logisticag2l! 

Se você gostou desta publicação, compartilhe para que mais pessoas possam ver! 

Torre de Controle: a chave para a segurança e eficiência do transporte

O transporte de cargas é uma atividade essencial para a economia, responsável por movimentar produtos e mercadorias por todo o mundo. 

No entanto, sua operação exige um alto nível de organização e eficiência para garantir a segurança e o cumprimento dos prazos de entrega.  

É aí que entra a Torre de Controle Logística, um elemento crucial no sistema de transporte de cargas. 

Neste post, vamos entender melhor o papel da Torre de Controle na previsão de demanda e na tomada de decisões estratégicas em tempo real. 

O que é uma Torre de Controle Logística? 

A Torre de Controle Logística é um centro de controle que recebe informações em tempo real, responsável por monitorar e coordenar o transporte de cargas, desde a origem até o destino final. 

Ela permite a visibilidade e o acesso à informação crítica sobre o desempenho da frota, incluindo dados de localização, tempo de viagem, consumo de combustível, manutenção do veículo e muito mais. 

A partir dessas informações, a empresa pode tomar decisões estratégicas para garantir a segurança das cargas e a eficiência do transporte. 

A importância da Torre de Controle para a segurança e eficiência do transporte 

A segurança do transporte de cargas é uma preocupação constante e a Torre de Controle tem um papel fundamental nesse sentido, pois monitora a localização e as condições das cargas em tempo real. 

Os dados da Torre permitem às empresas tomar decisões estratégicas de forma rápida e assertiva, ajustando suas operações à medida que a situação muda, contornando problemas e evitando riscos. 

Além da segurança, a Torre de Controle contribui com maior eficiência para o transporte ao permitir a previsão da demanda e a otimização da rota dos veículos. 

O transporte de cargas é um setor dinâmico, sujeito a imprevistos e mudanças constantes. E com base nas informações recebidas, essa tecnologia permite que as empresas possam reajustar suas rotas, escolher o caminho mais rápido, minimizar o impacto na entrega da carga e manter a satisfação do cliente. 

Com base no que vimos neste post, fica claro que a Torre de Controle Logística é um elemento essencial para a segurança e eficiência do transporte de cargas.  

Com sua capacidade de monitoramento em tempo real, previsão de demanda, otimização de rotas, tomada de decisões estratégicas em tempo real e redução de custos, ela se torna uma ferramenta valiosa para as empresas que desejam maximizar sua eficiência e minimizar os riscos envolvidos no transporte de cargas, como já mencionamos aqui no Blog G2L. 

A implementação de uma Torre de Controle Logística é um investimento que gera benefícios a longo prazo e que podem ser cruciais para o sucesso das operações de transporte de uma empresa. 

Acompanhe nossos conteúdos nas redes sociais, sempre como @logisticag2l, e entre em contato para saber mais sobre como podemos ajudar sua empresa a maximizar sua eficiência no transporte de cargas. E não se esqueça de compartilhar esse post com seus colegas de trabalho! 

Tecnologias que melhoram a segurança no transporte de cargas

A segurança é um dos principais desafios enfrentados pelas empresas de transporte de cargas. Afinal, elas precisam garantir que seus produtos cheguem ao destino final de maneira segura e eficiente, sem colocar em risco a vida dos motoristas e demais profissionais envolvidos, bem como a dos usuários das vias públicas. 

Além disso, a segurança é fundamental para evitar prejuízos financeiros decorrentes de danos às mercadorias ou atrasos na entrega. 

Nesse sentido, as tecnologias têm se mostrado grandes aliadas do setor de transporte de cargas, principalmente na função de gerenciar riscos.

Além das câmeras de segurança que ajudam a monitorar e prevenir problemas como roubo e furto de cargas, elas também desempenham um papel importante na segurança dos motoristas.  

Por exemplo, essas câmeras podem identificar se o motorista está cansado, sonolento ou desatento, como quando está usando o celular, proporcionando uma maneira de intervir a tempo e evitar acidentes.  

Além disso, as tecnologias oferecem recursos como controle de jornada por meio de tecnologia de rastreamento, garantindo o cumprimento das regulamentações trabalhistas.  

Outra tecnologia essencial é a Telemetria, que permite identificar a performance durante a condução do veículo. Isso auxilia na redução de custos com combustível e manutenção preventiva, ao fornecer dados precisos sobre o consumo de combustível e o estado do veículo.  

Essas soluções tecnológicas têm se mostrado indispensáveis para melhorar a segurança, a eficiência e a economia do transporte de cargas. Elas permitem que as empresas monitorem, controlem e otimizem o transporte de mercadorias, reduzindo riscos e aumentando a eficiência do processo. 

Por isso, separamos alguns exemplos para você: 

Tecnologias que melhoram a segurança no transporte de cargas 

  1. Rastreamento em tempo real: É possível monitorar em tempo real a localização dos veículos e das cargas, garantindo a segurança durante todo o trajeto. Assim, é possível tomar decisões rápidas e evitar rotas que possam apresentar maior risco.
  2. Sistemas de freios inteligentes: Sistemas de freios inteligentes ajudam a prevenir acidentes nas estradas, aumentando a segurança do transporte. Eles utilizam sensores que detectam quando o veículo está próximo de colidir com outro veículo ou obstáculo e acionam automaticamente os freios, evitando acidentes graves. 
  3. Câmeras de segurança: Câmeras de segurança ajudam a monitorar e prevenir eventuais problemas, como roubo e furto de cargas. Elas fornecem imagens em tempo real que podem ser utilizadas para identificar criminosos e recuperar cargas roubadas. 
  4. Veículos autônomos: A tecnologia de veículos autônomos promete revolucionar o transporte de cargas, aumentando a segurança e eficiência do setor. Essa tecnologia tem o potencial de aumentar a segurança e a eficiência do setor, uma vez que elimina a possibilidade de erro humano. Além disso, os veículos autônomos podem ser programados para seguir rotas mais seguras e eficientes, economizando tempo e dinheiro para as empresas. 

Por que é importante 

Com soluções mais seguras e eficazes, é possível realizar transportes mais rápidos, seguros e eficientes, garantindo a satisfação dos clientes e a competitividade das empresas. Veja abaixo alguns exemplos da sua importância no dia a dia: 

  1. Segurança das cargas: As tecnologias melhoram a segurança das cargas, garantindo que elas cheguem ao destino de forma segura e sem danos. 
  2. Segurança de motoristas e outros profissionais envolvidos: Além disso, as tecnologias ajudam a garantir que motoristas e outros profissionais envolvidos voltem em segurança para suas casas, prevenindo acidentes e garantindo a integridade física desses profissionais. 
  3. Eficiência do setor: Por fim, as tecnologias melhoram a eficiência do setor, garantindo a realização de transportes mais rápidos, seguros e otimizados. Consequentemente, reduzem custos e se tornam mais competitivas no mercado.  

Em resumo, a implementação dessas tecnologias não apenas melhora a segurança no transporte de cargas, mas também aumenta a eficiência do setor.  

Por isso, é importante que as empresas invistam cada vez mais em tecnologias para garantir a segurança no transporte de cargas. 

Na G2L Logística, estamos comprometidos em fornecer soluções inovadoras e seguras para nossos clientes. Acompanhe nossos conteúdos nas redes sociais, sempre como @logisticag2l, e fique por dentro das novidades do setor.  

Compartilhe esse post com seus colegas de trabalho e ajude a promover a segurança no transporte de cargas. 

Maio Amarelo 2023: No trânsito, escolha a vida

Por Redação |

Todos os dias saímos de casa na esperança de voltar em segurança para nossa família, não é? Por isso, a campanha Maio Amarelo se tornou tão relevante para conscientizar as pessoas sobre a importância de adotar práticas responsáveis no trânsito, reduzir os riscos e promover uma condução mais segura. 

O Maio Amarelo tem como objetivo promover ações responsáveis no trânsito e minimizar ao máximo situações que possam ocasionar acidentes. 

Neste post, vamos compartilhar algumas dicas para que você possa contribuir com um trânsito mais seguro e consciente. 

Atenção ao Dirigir 

A atenção plena ao dirigir é essencial para evitar acidentes. Confira algumas dicas: 

  1. Dirigir comendo ou bebendo compromete sua capacidade de manter as mãos no volante e olhos na estrada. Mantenha-se sempre alerta. 
  2. Esteja atento(a) às condições do trânsito ao seu redor, incluindo o comportamento de outros motoristas, pedestres e ciclistas. Antecipe-se a possíveis situações de risco e esteja preparado para reagir adequadamente. 
  3. Não dirija sob efeito de álcool, drogas ou medicamentos que possam comprometer sua capacidade de dirigir com segurança. Você pode colocar a sua vida e a dos outros em risco. 

Cuidados com o Veículo 

Manter o veículo em boas condições é fundamental para garantir a segurança no trânsito. Confira algumas dicas: 

  1. Realize a manutenção preventiva regularmente, incluindo a revisão de freios, pneus, suspensão e sistemas elétricos. Mantenha o veículo sempre em bom estado de conservação. 
  2. Verifique os níveis de óleo, água e combustível do veículo regularmente. Tenha o hábito de fazer uma inspeção antes de cada viagem. 
  3. Certifique-se de que todos os equipamentos obrigatórios do veículo, como faróis, lanternas, cinto de segurança, estejam funcionando corretamente. Faça a reposição ou reparo necessário, caso identifique algum problema. 

Direção Defensiva 

A direção defensiva é uma abordagem preventiva que visa reduzir o risco de acidentes. Confira algumas dicas: 

  1. Respeite os limites de velocidade e as normas de trânsito. Evite ultrapassagens e mantenha uma distância segura do veículo da frente. 
  2. Esteja sempre atento (a) ao que acontece ao seu redor. Antecipe-se a possíveis situações de risco, como mudanças de faixa repentinas, pedestres atravessando a via ou veículos em alta velocidade. 
  3. Sinalize corretamente suas intenções de direção, como mudanças de faixa e conversões. Faça uso dos retrovisores e verifique sempre os pontos cegos antes de realizar qualquer manobra. 

Comportamento no Trânsito 

Um comportamento responsável é fundamental para um trânsito mais seguro. Confira algumas dicas: 

  1. Respeite os outros usuários das vias, sejam eles motoristas, pedestres, ciclistas ou motociclistas. Ceda a passagem quando necessário e tenha paciência com os demais. 
  2. Evite o uso de buzina de forma excessiva e desnecessária, pois pode causar distração e estresse em outros condutores e pedestres. 
  3. Não jogue lixo pela janela do veículo e respeite as regras de estacionamento. Contribua para a preservação do meio ambiente e para a fluidez do trânsito. 
  4. Respeite as vagas de estacionamento destinadas a pessoas com deficiência, idosos e gestantes. Essas vagas são reservadas e garantem a acessibilidade e a segurança dessas pessoas. 
  5. Esteja sempre em um estado emocional adequado para dirigir. Não dirija quando estiver cansado (a), irritado (a), ou sob forte emoção. Cuide da sua saúde mental e emocional para garantir uma condução segura. 

Conscientização 

Além de seguir as dicas mencionadas, é fundamental criar uma cultura de conscientização no trânsito. Confira algumas sugestões: 

  1. Compartilhe as informações sobre o Maio Amarelo e as dicas de segurança viária com amigos, familiares e nas redes sociais. Um trânsito mais seguro depende da participação de todos. 
  2. Participe de eventos e atividades relacionadas ao Maio Amarelo em sua comunidade. Engaje-se em ações de conscientização, como palestras, workshops e campanhas educativas. 
  3. Seja um exemplo de motorista consciente, respeitando sempre as normas de trânsito, utilizando os equipamentos de segurança corretamente e adotando uma postura responsável ao volante. 
  4. Eduque crianças e jovens sobre a importância da segurança viária desde cedo, ensinando-os sobre os riscos e as boas práticas de condução segura. 
  5. Esteja sempre atualizado sobre as leis de trânsito e busque aprimorar constantemente seus conhecimentos sobre direção defensiva, cuidados com o veículo e comportamento no trânsito. 

Ao seguir as dicas de atenção ao dirigir, cuidados com o veículo, direção defensiva e comportamento no trânsito, contribuímos para a redução de acidentes e para a construção de um trânsito mais harmonioso e seguro para todos. 

Faça a sua parte e ajude a promover uma cultura de segurança viária. Juntos, podemos fazer a diferença! #MaioAmarelo #TrânsitoSeguro 

Acompanhe nossos outros conteúdos e interaja conosco nas mídias sociais, sempre como @logisticag2l. Compartilhe essa mensagem para que ela possa chegar em mais gente! 

Gestão de Riscos: solução estratégica para sua empresa

Por redação |

Prevenir possíveis ameaças é uma parte fundamental da operação de qualquer empresa, especialmente no setor logístico e de transporte de cargas. A Gestão de Riscos (GR) permite identificar potenciais problemas que possam prejudicar a sua operação e afetar a sua empresa. 

A solução inclui a identificação de riscos, análise de impactos, desenvolvimento de planos de contingência e monitoramento contínuo para garantir a eficácia das ações implementadas. 

Identificar as possíveis fontes de ameaças pode garantir eficiência, segurança e redução de custos operacionais. Mas, para isso, um bom serviço de GR precisa superar alguns desafios ainda presentes no cenário brasileiro de logística e transporte de cargas, como podemos observar abaixo.

Principais desafios 

Um dos desafios mais comuns enfrentados pelas empresas neste setor é garantir a segurança da carga durante o transporte. Problemas como roubo, perdas ou danos à mercadoria são apenas alguns dos riscos que precisam ser considerados. 

Segundo dados mais recentes da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), o Brasil registrou R$1,27 bilhão de prejuízo financeiro causado por roubos de carga no país. O levantamento mostra, ainda, que, dentre os alvos principais, estão: alimentos, combustíveis e produtos farmacêuticos. 

Além dos problemas com roubos, perdas e danos, fatores externos também precisam ser previstos, como condições climáticas adversas, atrasos de entrega e problemas com fornecedores. 

E quando o objetivo é identificar e mitigar essas ameaças, alguns dos principais empecilhos para um Gerenciamento de Riscos de qualidade são: 

  1. Tecnologia Obsoleta: Uma frota antiga ou sem tecnologia avançada de rastreabilidade pode dificultar o monitoramento e a gestão de riscos na logística. 
  2. Falta de Dados: A falta de dados precisos e atualizados sobre as operações logísticas pode impedir a identificação precisa dos riscos. 
  3. Comunicação Deficiente: A falta de comunicação eficaz entre as partes envolvidas pode dificultar a coordenação e a implementação de planos de contingência. 
  4. Falta de Recursos: A falta de recursos, incluindo tempo, mão de obra e orçamento, pode impedir a implementação de planos de gestão de risco mais complexos, tecnológicos e eficazes. 
  5. Conhecimento Limitado: Uma compreensão limitada sobre as questões regulatórias e de segurança pode dificultar a identificação de riscos, a avaliação das dimensões dessas ameaças e a implementação de medidas de mitigação. 

Agora que você já sabe quais são os principais desafios enfrentados, vamos destacar de que forma um GR eficiente pode agregar maior valor ao seu negócio. 

 

Gestão de Riscos como solução estratégica 

Uma das melhores maneiras de proteger sua empresa contra possíveis ameaças é investir em tecnologia avançada. Sistemas de rastreamento de cargas e equipamentos de segurança podem ser utilizados para garantir a segurança da carga durante o transporte.  

Além disso, para uma operação eficiente e segura na logística, é importante investir em automação de processos e treinamento de equipe e motoristas. A automação pode minimizar erros humanos, enquanto o treinamento em práticas seguras e gerenciamento de riscos garante que todos estejam preparados para lidar com os desafios.  

Capacitar tanto a equipe quanto os motoristas que possuem frota própria é fundamental para garantir um transporte seguro e de qualidade. Investir em instrução sobre os perigos das estradas, o uso adequado das tecnologias e as melhores práticas é crucial para a Gestão de Riscos, pois não se trata apenas de preservar o patrimônio, mas também de valorizar as vidas envolvidas.

Em resumo, investir em tecnologia, treinar sua equipe e manter um registro detalhado dos riscos são medidas importantes para garantir o sucesso da sua operação. Assim, é possível garantir maior eficiência nas seguintes atividades de GR: 

  1. Melhor Identificação de Riscos: Identificação de possíveis riscos e fontes de ameaças, incluindo questões de segurança, questões regulatórias, instabilidade política e eventos climáticos. 
  2. Análise de Riscos: Análise dos impactos potenciais desses riscos na cadeia de suprimentos e na operação da empresa. 
  3. Plano de Contingência: Desenvolvimento de um plano de contingência para lidar com riscos identificados, incluindo ações de mitigação e contingências de backup. 
  4. Monitoramento e Avaliação Contínuos: Monitoramento contínuo das ameaças e avaliação das respostas implementadas para garantir a eficácia das ações de gestão de risco. 
  5. Conformidade Regulatória: A gestão de riscos deve seguir rigorosos padrões regulatórios para garantir a conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis. 

A Gestão de Riscos é uma solução estratégica para auxiliar na redução dos custos de transporte, garantir que as cargas chegarão em segurança no destino final e, assim, contribuir com maior credibilidade nas operações. 

E o que você acha disso? Siga a gente nas principais mídias sociais – sempre como @LogisticaG2L – e podemos conversar sobre Gestão de Riscos. 

Se você gostou desta publicação, compartilhe para que mais pessoas possam conferir nossas publicações! 

7 dicas de segurança para os caminhoneiros

Por Redação | 

Acidentes rodoviários estão entre as 10 maiores causas de óbitos no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Somente em 2021, a Polícia Rodoviária Federal registrou 63.447 ocorrências em rodovias federais. Foram perdidas 5.391 vidas e, deste total, 854 pessoas eram ocupantes de caminhões. 

São números tristes que reforçam ainda mais a responsabilidade de todos em contribuir para um trânsito mais seguro. Em um ambiente violento e inseguro, corre mais riscos quem passa muito tempo nele, como é o caso dos caminhoneiros. No ano passado, considerando todas as vias, o Brasil registrou mais de 45 mil acidentes envolvendo caminhoneiros, segundo dados do IBGE. 

Entre as causas dos acidentes nas estradas, é possível classificar três principais fatores: humano, mecânico e vias. 

 

Fator humano: 

  • Excesso de velocidade 
  • Combinar direção e bebidas alcoólicas 
  • Uso de celular ao volante 
  • Não usar setas 
  • trafegar muito próximo ao veículo que vai à frente 

 

Fator mecânico: 

  • Pneus 
  • Freios 
  • Faróis 
  • Vela 
  • Filtros 
  • Correia dentada 
  • Radiador 
  • Sistema elétrico 
  • Combustível 

 

Condição das Vias:                                                               

  • O estado de conservação 
  • As condições da sinalização 
  • A falta de acostamento 
  • A falta de passarelas 

Ao considerar todos esses possíveis riscos e muitos outros que não citamos aqui, precisamos reforçar a importância do nosso papel individual nas estradas, ao manter a atenção redobrada, os cuidados constantes e ações de preventivas. 

Por isso, separamos algumas dicas básicas e práticas de segurança. Alguns pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

 

1. Fazer manutenção regular no veículo 

Realizar manutenção frequente é uma forma de diminuir consideravelmente as chances de acidentes pelo fator veicular. Como citado acima, com atenção especial aos pneus, freios, faróis, lâmpadas, luzes, limpadores de para-brisa, vela, filtros, correia dentada, radiador, sistema elétrico e combustível. 

 

2. Sempre use o cinto de segurança 

Usar o cinto de segurança, além de ser obrigatório por lei desde 1997 em todo o território nacional, evita que as pessoas se machuquem gravemente em 80% dos casos de acidente, segundo levantamento da Rede Sarah. 

 

3. Não utilize o celular enquanto dirige 

Um dos grandes causadores de acidentes no trânsito é a desatenção. E os celulares, com cada vez mais recursos e funcionalidades, são uma grande fonte de distração. Usar o celular ao volante é algo que pode tirar seus olhos da pista por segundos valiosos. Se precisar usar o aparelho, estacione o veículo. 

 

4. Mantenha-se na velocidade permitida 

Em muitos casos, a busca por maior agilidade nas entregas pode criar uma pressão desnecessária e perigosa. Por medo de atrasos, o motorista acaba correndo demais e deixando a segurança de lado. Portanto, procure seguir os limites de velocidade. Nenhum prazo de entrega vale mais do que a vida. 

 

5. Atenção nas ultrapassagens 

Sabemos que em alta velocidade, qualquer deslize pode gerar acidentes. Então, mantenha-se atento. Quando for ultrapassar, não se esqueça de observar pelo retrovisor se não há outro veículo tentando realizar uma ultrapassagem, sinalize com a seta, dê um breve torque na buzina e acelere em uma marcha mais forte. É importante usar os recursos como a seta e buzina para se comunicar e deixar evidentes suas intensões de manobra. 

 

6. Mantenha distância do veículo que vai à frente 

A distância de seguimento é extremamente importante em situações de emergência. Manter uma distância segura entre veículos possibilita frear mais suavemente e evitar colidir com a traseira do veículo que estiver à sua frente. A distância segura é de um carro para cada 20 km/h, ou seja, caso esteja a 60 Km/h, a distância do veículo da frente deve equivaler a três veículos. 

 

7. Não combine direção e bebidas alcóolicas 

Uma das maiores causadoras de acidentes no trânsito é a ingestão de álcool no volante, segundo o Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro. Pensando nisso, organize seus horários para beber apenas em dias de folga e quando não precisar dirigir. É uma forma de preservar a sua vida e a de todos que estão nas ruas e estradas. 

 

Voltar para casa em segurança é um direito de todos e, por isso, sempre reforçamos em nossas redes sociais e treinamentos internos com nossos motoristas parceiros a necessidade de uma condução defensiva. 

Antes de cada ação, devemos pensar nos nossos familiares que esperam ansiosamente por nosso retorno, bem como os entes queridos de todos que saíram às ruas e em algum momento cruzarão nosso caminho. 

O que você achou das nossas dicas de segurança? Muitas delas podem ser usadas e adaptadas não apenas para caminhoneiros, mas para todos. 

Se você gostou desta publicação, compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer essas dicas e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo! 

Começa hoje o Mês dos Caminhoneiros

Por Redação | 

O Dia do Motorista é celebrado em 25 de julho, mas não poderíamos limitar nossas homenagens a um único dia. Precisamos reconhecer e valorizar todos os caminhoneiros e caminhoneiras que movimentam o país no dia a dia. Por este motivo, temos orgulho em compartilhar nosso carinho e parceria diária 

Portanto, elaboramos ações e conteúdos originais relacionados ao dia a dia nas estradas que você poderá aproveitar durante todo o mês.  

São diversas ações distribuídas pelo país, publicações exclusivas aqui no Blog G2L, conteúdo diário nos nossos stories, dicas de finanças aos motoristas, materiais sobre segurança, entrevistas com nossos motoristas parceiros e muito mais!  

Mensagem do Gerente Geral de Operações da G2L, Allan Alcantara

Veja abaixo algumas das ações previstas a partir da próxima segunda-feira pra você não perder nada: 

Saúde 

Na primeira semana, entre os dias 04 e 08 de julho, divulgaremos materiais e dicas diárias sobre a saúde e bem-estar dos motoristas nas estradas. Práticas simples que garantem maior qualidade de vida e, consequentemente, um trânsito mais seguro. 

Leia: 5 dicas de saúde para caminhoneiros

Segurança 

E por falar em segurança, este é o tema da segunda semana do mês. Entre os dias 11 e 15, publicaremos todos os diais conteúdos relacionados à segurança dos caminhoneiros e caminhoneiras. Abordaremos pequenos detalhes e pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

Leia: 7 dicas de segurança para os caminhoneiros

Finanças 

Uma vida financeira saudável é essencial para qualquer pessoa, independente da profissão ou área de atuação, não é mesmo? Por isso, preparamos textos e vídeos sobre esse tema que serão disponibilizados diariamente aqui no blog e em nossas redes sociais. Dicas práticas de como gerenciar seu dinheiro e economizar nas estradas.  

Leia: 8 dicas de finanças para caminhoneiros

 

Semana do Caminhoneiro 

A Semana do Caminhoneiro acontece entre o dia 25 Dia do Motorista – e se estende até 29 de julho. Preparamos alguns materiais exclusivos que serão divulgados durante esses dias, além de ações em mais de 25 pontos distribuídos pelo país. Entre as atividades programadas, vamos promover em nossas filiais: 

 

  • Palestras sobre segurança
  • Atendimento médico
  • Distribuição de brindes
  • Café da manhã

 

Ao garantir condições de trabalho e qualidade de vida, contribuímos com um mundo melhor para todos. Então, precisamos valorizar cada vez mais nossos motoristas parceiros. Não apenas em julho ou datas pontuais que celebram essa categoria, mas diariamente.  

Temos a honra de trabalhar em parceria com muitos caminhoneiros. Somente em nossa plataforma GMOV, já são mais de 50 mil motoristas cadastrados que transportam conosco por todo o país sem contar os outros milhares que temos contato diário em nossos pátios e operações. Um prazer para nós conviver com os profissionais que, literalmente, carregam e conectam o país. 

Agora que você já sabe algumas das novidades que preparamos para esse Mês dos Caminhoneiros, qual conteúdo você está mais ansioso para ver? Interaja conosco nas redes sociais e acompanhe nossas publicações, sempre como @logisticag2l 

Compartilhe em suas redes para que mais pessoas possam receber essas informações e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo! 

Estreia do blog!

Por Redação |

Como um operador logístico, estamos acostumados a ligar pontos e encurtar distâncias. O nosso comprometimento em garantir segurança, investir em tecnologia e servir com excelência nos coloca entre os operadores logísticos que mais crescem no Brasil. E essa trajetória está apenas no começo! 

Agora, daremos um novo passo: usar essa expertise para encurtar distâncias entre você e as inovações do universo logístico. Vamos, juntos, trocar experiências, compartilhar ideias e ligar os pontos entre diversos assuntos e novidades do mercado. 

Nosso objetivo é usar esse blog para reunir conteúdos em diferentes mídias, temáticas e formatos –matérias sobre tecnologia, dicas aos caminhoneiros, perfis de pessoas que movem o mundo, vídeos sobre operações logísticas, newsletter com as notícias mais recentes do mercado, podcasts sobre inovação e muito mais. 

Para que você possa acompanhar todos os detalhes, organizamos os nossos conteúdos em seis editorias. Conheça um pouco mais sobre as atuais estruturas do nosso blog:

 

Logística e Operações 

A categoria Logística e Operações reunirá temáticas relacionadas aos modelos e processos presentes na cadeia logística, assim como projeções para o futuro das operações a partir de análises e depoimentos de especialistas. 

LEIA: Gestão de Pátios e Seus Benefícios 

  

Tecnologia e Inovação  

Em Tecnologia e Inovação, abordaremos as novidades do mercado, possibilidades de otimização e recursos tecnológicos que impactam a logística brasileira e mundial. 

LEIA: Torre de Controle: Como ela pode ajudar o seu negócio? 

 

Caminhoneiro 

Os motoristas movimentam o país e são fundamentais para as nossas operações. Por isso, traremos uma série de conteúdos destinados a este público com histórias, dicas e informações. 

LEIA: 5 dicas de saúde para caminhoneiros 

 

Negócios e Mercado  

Nesta editoria, vamos explorar juntos este mercado superaquecido e em constante transformação, afinal falar de logística é falar de um dos setores que mais crescem nos últimos anos.  

LEIA: Impactos da Pandemia no E-commerce 

 

Segurança e Sustentabilidade 

A base de qualquer atividade é a segurança e o bem-estar das pessoas envolvidas, porque nenhuma operação, lucro ou entrega vale mais do que a vida. Na categoria Segurança e Sustentabilidade, abordaremos ações defensivas e soluções ecológicas para a cadeia logística. 

LEIA: Logística Sustentável: É possível? 

 

Gente que Move 

Nada seria possível ou sequer faria sentido — sem a participação das pessoas. A editoria Gente que move é um espaço dedicado a valorizá-las, contar suas histórias de vida e apresentar modelos de gestão mais humanos e respeitosos. 

LEIA: A importância do compliance para a sua empresa 

 

E isso é só o começo! 🚀🚀🚀 

Acompanhe nossos conteúdos porque logo mais traremos novos assuntos, formatos e ideias. Em breve, iniciaremos nossa nova newsletter. Enquanto ela não sai, você já pode se inscrever para receber no seu e-mail, desde a primeira edição, as principais notícias do mercado logístico. 

Contamos com você para interações, comentários e sugestões. A sua participação é fundamental! 

Por isso, se você gostou da novidade, compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer nosso blog e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo! 

A importância do compliance para a sua empresa 

Por Redação |

Seguir normas e manter uma postura ética é essencial em diversos aspectos, desde o individual até o coletivo. São as leis e acordos estabelecidos que garantem maior segurança, redução de riscos e, principalmente, a preservação dos direitos de todos. 

Na esfera corporativa, não é diferente. Por este motivo, cada vez mais as empresas estão engajadas e dispostas a falar sobre o compliance e suas principais características. Mas você sabe o que significa esta palavra e qual o valor dela no ambiente de trabalho? Nós explicamos! 

Compliance tem sua origem no verbo “to comply”, que significa estar de acordo, cumprir, obedecer. Desta forma, podemos defini-lo como o ato de seguir todas as leis e regulamentos internos e externos definidos dentro de uma organização, seja ela pública ou privada. 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre este termo, vamos mostrar por que, afinal, falar sobre compliance é tão importante assim. 

Principais Benefícios

Na prática corporativa, o compliance é essencial para que uma empresa possa atuar em diferentes esferas, desde trabalhistas, financeiras, até éticas e ambientais. 

Considerado um processo estratégico, ele permite, em conjunto com outras áreas como, por exemplo, controles internos, gestão de riscos e processos, prevenir e identificar os diferentes fatores de riscos do mercado e até mesmo ameaças mais específicas ao segmento. Para isso, é importante que a empresa tenha conhecimento da legislação aplicável ao seu negócio, dos direitos e deveres de seus colaboradores e das estruturas de relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros. 

Dentre os inúmeros benefícios do compliance para a sua empresa, podemos destacar: 

1 – Proteção contra fraudes e irregularidades 
 
Um conjunto de normas e regulamentos bem estabelecidos permite uma visão ampla de todos os processos internos e/ou externos, evitando desvios de conduta.

2 – Redução de Custos 
 
Evita gastos desnecessários com multas e outras cobranças judiciais, permitindo melhor aplicação de recursos. 

 3 – Conhecer mais o próprio negócio 
 
Melhora a tomada de decisões e potencializa as diferentes estratégias de atuação no segmento de atuação. 

 4 – Excelência Operacional 
 
Aliada a outras ferramentas, aumenta o nível de qualidade nas diferentes etapas do processo operacional, bem como a sua eficiência para torná-lo mais seguro e assertivo. 
 
 5 – Detecção rápida de não-conformidades 
 
Realizar o mapeamento de riscos permite identificar em pouco tempo condutas que não estão de acordo com as normas estabelecidas, tanto interna quanto externamente. 

6 – Valorização da marca 
 
Ao demonstrar responsabilidade com o cumprimento de leis e regulamentos. 
 
7 – Aumento da credibilidade entre os clientes 
 
Melhora a imagem da empresa para o público externo, demonstrando sua preocupação em manter-se dentro das normas éticas e legais. 

 8 – Vantagem competitiva 
 
Desenvolve um importante diferencial entre seus concorrentes, principalmente aos que ainda não implementaram um programa forte de compliance. 

 9 – Colaboradores engajados 
 
Auxilia na construção de um time dedicado e comprometido em obter novos resultados 

 10 – Criação de canais de denúncia  
 
Através dessa importante ferramenta, os colaboradores podem auxiliar a equipe de compliance com informações e temas que precisam de atenção e eventual providência da alta gestão. 

Como podemos ver, um bom programa de compliance não se constrói apenas com o conhecimento das normas. Ele deve refletir a situação atual que a empresa está e quais são as pessoas envolvidas neste processo.  

“Para além do cumprimento das diretrizes internas e externas da organização, ter um comportamento ético, moral e transparente, possibilita que tenhamos uma cultura forte, coerente que vislumbra o impacto positivo na sociedade, na qual cada um dos indivíduos pode se engajar e sentir-se seguro inclusive para questionar práticas que avalie como inadequadas”, enfatiza Mônica Araújo, Coordenadora de DHO e Seleção na G2L

Ainda que não exista modelo padrão, muitas empresas buscam implantar o compliance às suas atividades internas e externas. Mas, afinal, como fazer isso e obter sucesso? Quais ações são necessárias? 

Como construir Programa de Compliance efetivo?

O compliance pode ser executado de algumas formas dentro de uma organização, seja através da terceirização de uma empresa especializada neste tema ou por um departamento interno. No entanto, em ambos os casos é estar atento a algumas etapas importantes. 

Um dos primeiros passos na criação deste programa é formar uma equipe capacitada e que possa colocar em prática as normas internas e procedimentos que determinam como os colaboradores e a empresa em si devem atuar. Afinal, não adianta apenas implantar ferramentas se não houver engajamento e participação de todo o time. 

Outro ponto indispensável na construção de um programa de compliance efetivo está em compreendê-lo como algo que está presente tanto em nossa vida pessoal quanto profissional.  

Também podemos destacar as seguintes ações: realize auditorias e análises dos riscos operacionais; compartilhe manuais de conduta com todo o time e envolva diferentes setores; elabore um plano de comunicação claro e objetivo para os colaboradores; sempre otimize processos e treinamentos internos. 

“É uma importante ferramenta que compõe a governança corporativa da empresa. Através desse programa, a empresa demonstra aos seus colaboradores e ao mercado seu compromisso com o cumprimento de tudo aquilo a que é obrigada”, enfatiza Mauricio Izidoro, advogado na G2L.

“Quando bem estruturado, é capaz de trazer vantagem competitiva para a empresa, na medida em que permite a ela tomar decisões rápidas e assertivas que farão com que ela esteja sempre em posição de vanguarda diante de suas concorrentes, sem se descuidar do cumprimento da lei”, relembra. 

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a importância do compliance para empresas, acompanhe nossos outros conteúdos através dos canais de contato e interaja conosco nas mídias sociais, sempre como @logisticag2l! 

Se você gostou desta publicação, compartilhe em suas redes para que mais pessoas possam conhecer as vantagens de uma Torre de Controle e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo!