Warning: preg_match(): Allocation of JIT memory failed, PCRE JIT will be disabled. This is likely caused by security restrictions. Either grant PHP permission to allocate executable memory, or set pcre.jit=0 in /home/logg2l/public_html/wp-includes/load.php on line 46 caminhoneiro – G2L Logistica

9 Hábitos para preservar sua saúde mental em longas viagens 

Por Redação 

Encarar longas viagens de caminhão é um desafio único, onde as estradas se tornam rotina e a solidão pode pesar. Em meio a quilômetros de asfalto, a saúde mental dos caminhoneiros merece atenção especial. Você já se perguntou o que fazer para preservar o equilíbrio emocional durante essas jornadas intensas? 

Neste breve guia, exploraremos 9 Hábitos para preservar sua saúde mental em longas viagens. Descubra estratégias práticas e inspiradoras que podem transformar sua experiência na estrada, proporcionando bem-estar mental e emocional. Embarque conosco nesta jornada de autocuidado, onde a saúde mental se torna uma prioridade. 

Continue a leitura e descubra como transformar cada quilômetro em um passo em direção ao bem-estar emocional. 

Hábitos para sua saúde mental 

  • Crie uma rotina equilibrada: Estabeleça horários regulares para alimentação, descanso e exercícios. Uma rotina estruturada ajuda a manter o equilíbrio e a reduzir o estresse durante as viagens. 
  • Conecte-se com a natureza: Aproveite as paradas para momentos ao ar livre. A natureza tem um poder tranquilizante, proporcionando uma pausa revigorante na intensidade da estrada. 
  • Mantenha contato com entes queridos: Utilize a tecnologia para manter laços afetivos. Em momentos de pausa, chamadas de vídeo e mensagens podem ser uma ponte vital entre a solidão da estrada e o conforto familiar. 
  • Entretenimento positivo e seguro: Invista em audiobooks, podcasts inspiradores ou playlists animadas para passar o tempo. As opções em áudio são valiosas, já que não emitem estímulos visuais e garantem seus olhos e atenção fixos na estrada. O entretenimento pode ser um companheiro valioso, tornando a jornada mais leve e agradável. 
  • Foco na alimentação saudável: Faça escolhas conscientes em relação à alimentação. Opte por refeições equilibradas para manter a energia e promover o bem-estar físico e mental. Os alimentos exercem muito impacto no nosso senso de humor, atenção e fadiga mental. 
  • Planeje paradas estratégicas: Programe paradas regulares em locais interessantes. Explorar novos lugares e culturas pode adicionar um toque de aventura às suas viagens. 
  • Pratique exercícios simples: Mesmo em espaços limitados, exercícios simples como alongamentos podem melhorar a circulação e aliviar a tensão acumulada. 
  • Promova o companheirismo: Converse com outros caminhoneiros em paradas. O compartilhamento de experiências pode criar laços sociais valiosos, combatendo a solidão. 
  • Esteja atento aos sinais de estresse: Reconheça sinais precoces de estresse e procure ajuda quando necessário. A conscientização é a chave para manter a saúde mental em equilíbrio. 

Adotar esses hábitos não apenas preserva a saúde mental, mas também transforma a jornada na estrada em uma oportunidade de crescimento pessoal. Afinal, cada quilômetro percorrido pode ser uma jornada em direção ao bem-estar integral. 

Em cada estrada, em cada quilômetro, sua saúde mental merece atenção. Adotar hábitos simples pode transformar a solidão da estrada em oportunidades de cuidado pessoal. Mantenha uma rotina equilibrada, conecte-se com a natureza, e lembre-se sempre da importância da família.  

Seja um motorista que se preocupa com seu bem-estar, cuidando da mente e do corpo. Acompanhe mais dicas e conteúdos em nossas redes sociais, sempre como @logisticag2l. 

Compartilhe esse conhecimento valioso e junte-se a nós na promoção da saúde mental nas estradas! 

A estrada pode ser longa, mas sua jornada pode ser mais saudável e equilibrada. Cuide de você, cuide da sua mente. Até a próxima parada! 

Semana do Caminhoneiro 2023

Amigo caminhoneiro, neste mês de julho preparamos algo especial para vocês!

Entre os dias 24 e 28/07, acontecerá mais uma edição da Semana do Caminhoneiro em nossas unidades, que estarão repletas de ações exclusivas pensadas especialmente para vocês, os heróis das estradas! 🌟✨

Sabemos que a estrada é desafiadora e repleta de imprevistos. Por isso, com a vida não se brinca!

É fundamental cuidar de si mesmo e estar sempre de olho aos riscos que envolvem a profissão. Afinal, segurança deve ser sempre prioridade.

Mas além das responsabilidades, também é muito importante ter momentos de lazer e diversão nas horas vagas. Pensando nisso, nossas ações da Semana do Caminhoneiro remetem à nostalgia da infância e servirão para fortalecer ainda mais nossa parceria ao proporcionar momentos de descontração entre colegas do volante.

Por isso, hoje demos play na Semana do Caminhoneiro 2023!!

E para você não perder nenhuma informação, montamos uma página exclusiva com todas as ações em nossas unidades. Basta clicar aqui e ficar por dentro!

Somos privilegiados por contar com a parceria de milhares de caminhoneiros e caminhoneiras todos os dias em nossas operações.

Então veja abaixo alguns dos conteúdos direcionados aos caminhoneiros que publicamos aqui em nosso blog:

  • Saúde 

Conheça dicas valiosas sobre a saúde e bem-estar dos motoristas nas estradas. Práticas simples que garantem maior qualidade de vida e, consequentemente, um trânsito mais seguro. 

  • Segurança 

E por falar em segurança, veja conteúdos relacionados à segurança dos caminhoneiros e caminhoneiras. Abordamos pequenos detalhes e pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

  • Finanças 

Uma vida financeira saudável é essencial para qualquer pessoa, independente da profissão ou área de atuação, não é mesmo? Por isso, veja textos e vídeos sobre esse tema. Dicas práticas de como gerenciar seu dinheiro e economizar nas estradas. 

  • Homenagem aos motoristas

Aproveite para assistir nosso vídeo especial em homenagem aos caminhoneiros e caminhoneiras. Reforçamos sua importância em conectar o Brasil e transportar o progresso do nosso país. 

  • Perfil do Motorista Alex Caires

Como forma de conhecer melhor o dia a dia dos caminhoneiros, acompanhamos a história de vida de Alex Caires, motorista há mais de 20 anos. Você confere aqui sua jornada pelas estradas da vida.

Agradecemos imensamente a você, motorista, pela sua dedicação e responsabilidade. Temos plena confiança de que, unidos, podemos trabalhar em prol de melhorias nas condições de nossas estradas e na valorização dessa categoria tão essencial para o progresso do nosso país.

Tecnologias que melhoram a segurança no transporte de cargas

A segurança é um dos principais desafios enfrentados pelas empresas de transporte de cargas. Afinal, elas precisam garantir que seus produtos cheguem ao destino final de maneira segura e eficiente, sem colocar em risco a vida dos motoristas e demais profissionais envolvidos, bem como a dos usuários das vias públicas. 

Além disso, a segurança é fundamental para evitar prejuízos financeiros decorrentes de danos às mercadorias ou atrasos na entrega. 

Nesse sentido, as tecnologias têm se mostrado grandes aliadas do setor de transporte de cargas, principalmente na função de gerenciar riscos.

Além das câmeras de segurança que ajudam a monitorar e prevenir problemas como roubo e furto de cargas, elas também desempenham um papel importante na segurança dos motoristas.  

Por exemplo, essas câmeras podem identificar se o motorista está cansado, sonolento ou desatento, como quando está usando o celular, proporcionando uma maneira de intervir a tempo e evitar acidentes.  

Além disso, as tecnologias oferecem recursos como controle de jornada por meio de tecnologia de rastreamento, garantindo o cumprimento das regulamentações trabalhistas.  

Outra tecnologia essencial é a Telemetria, que permite identificar a performance durante a condução do veículo. Isso auxilia na redução de custos com combustível e manutenção preventiva, ao fornecer dados precisos sobre o consumo de combustível e o estado do veículo.  

Essas soluções tecnológicas têm se mostrado indispensáveis para melhorar a segurança, a eficiência e a economia do transporte de cargas. Elas permitem que as empresas monitorem, controlem e otimizem o transporte de mercadorias, reduzindo riscos e aumentando a eficiência do processo. 

Por isso, separamos alguns exemplos para você: 

Tecnologias que melhoram a segurança no transporte de cargas 

  1. Rastreamento em tempo real: É possível monitorar em tempo real a localização dos veículos e das cargas, garantindo a segurança durante todo o trajeto. Assim, é possível tomar decisões rápidas e evitar rotas que possam apresentar maior risco.
  2. Sistemas de freios inteligentes: Sistemas de freios inteligentes ajudam a prevenir acidentes nas estradas, aumentando a segurança do transporte. Eles utilizam sensores que detectam quando o veículo está próximo de colidir com outro veículo ou obstáculo e acionam automaticamente os freios, evitando acidentes graves. 
  3. Câmeras de segurança: Câmeras de segurança ajudam a monitorar e prevenir eventuais problemas, como roubo e furto de cargas. Elas fornecem imagens em tempo real que podem ser utilizadas para identificar criminosos e recuperar cargas roubadas. 
  4. Veículos autônomos: A tecnologia de veículos autônomos promete revolucionar o transporte de cargas, aumentando a segurança e eficiência do setor. Essa tecnologia tem o potencial de aumentar a segurança e a eficiência do setor, uma vez que elimina a possibilidade de erro humano. Além disso, os veículos autônomos podem ser programados para seguir rotas mais seguras e eficientes, economizando tempo e dinheiro para as empresas. 

Por que é importante 

Com soluções mais seguras e eficazes, é possível realizar transportes mais rápidos, seguros e eficientes, garantindo a satisfação dos clientes e a competitividade das empresas. Veja abaixo alguns exemplos da sua importância no dia a dia: 

  1. Segurança das cargas: As tecnologias melhoram a segurança das cargas, garantindo que elas cheguem ao destino de forma segura e sem danos. 
  2. Segurança de motoristas e outros profissionais envolvidos: Além disso, as tecnologias ajudam a garantir que motoristas e outros profissionais envolvidos voltem em segurança para suas casas, prevenindo acidentes e garantindo a integridade física desses profissionais. 
  3. Eficiência do setor: Por fim, as tecnologias melhoram a eficiência do setor, garantindo a realização de transportes mais rápidos, seguros e otimizados. Consequentemente, reduzem custos e se tornam mais competitivas no mercado.  

Em resumo, a implementação dessas tecnologias não apenas melhora a segurança no transporte de cargas, mas também aumenta a eficiência do setor.  

Por isso, é importante que as empresas invistam cada vez mais em tecnologias para garantir a segurança no transporte de cargas. 

Na G2L Logística, estamos comprometidos em fornecer soluções inovadoras e seguras para nossos clientes. Acompanhe nossos conteúdos nas redes sociais, sempre como @logisticag2l, e fique por dentro das novidades do setor.  

Compartilhe esse post com seus colegas de trabalho e ajude a promover a segurança no transporte de cargas. 

Maio Amarelo 2023: No trânsito, escolha a vida

Por Redação |

Todos os dias saímos de casa na esperança de voltar em segurança para nossa família, não é? Por isso, a campanha Maio Amarelo se tornou tão relevante para conscientizar as pessoas sobre a importância de adotar práticas responsáveis no trânsito, reduzir os riscos e promover uma condução mais segura. 

O Maio Amarelo tem como objetivo promover ações responsáveis no trânsito e minimizar ao máximo situações que possam ocasionar acidentes. 

Neste post, vamos compartilhar algumas dicas para que você possa contribuir com um trânsito mais seguro e consciente. 

Atenção ao Dirigir 

A atenção plena ao dirigir é essencial para evitar acidentes. Confira algumas dicas: 

  1. Dirigir comendo ou bebendo compromete sua capacidade de manter as mãos no volante e olhos na estrada. Mantenha-se sempre alerta. 
  2. Esteja atento(a) às condições do trânsito ao seu redor, incluindo o comportamento de outros motoristas, pedestres e ciclistas. Antecipe-se a possíveis situações de risco e esteja preparado para reagir adequadamente. 
  3. Não dirija sob efeito de álcool, drogas ou medicamentos que possam comprometer sua capacidade de dirigir com segurança. Você pode colocar a sua vida e a dos outros em risco. 

Cuidados com o Veículo 

Manter o veículo em boas condições é fundamental para garantir a segurança no trânsito. Confira algumas dicas: 

  1. Realize a manutenção preventiva regularmente, incluindo a revisão de freios, pneus, suspensão e sistemas elétricos. Mantenha o veículo sempre em bom estado de conservação. 
  2. Verifique os níveis de óleo, água e combustível do veículo regularmente. Tenha o hábito de fazer uma inspeção antes de cada viagem. 
  3. Certifique-se de que todos os equipamentos obrigatórios do veículo, como faróis, lanternas, cinto de segurança, estejam funcionando corretamente. Faça a reposição ou reparo necessário, caso identifique algum problema. 

Direção Defensiva 

A direção defensiva é uma abordagem preventiva que visa reduzir o risco de acidentes. Confira algumas dicas: 

  1. Respeite os limites de velocidade e as normas de trânsito. Evite ultrapassagens e mantenha uma distância segura do veículo da frente. 
  2. Esteja sempre atento (a) ao que acontece ao seu redor. Antecipe-se a possíveis situações de risco, como mudanças de faixa repentinas, pedestres atravessando a via ou veículos em alta velocidade. 
  3. Sinalize corretamente suas intenções de direção, como mudanças de faixa e conversões. Faça uso dos retrovisores e verifique sempre os pontos cegos antes de realizar qualquer manobra. 

Comportamento no Trânsito 

Um comportamento responsável é fundamental para um trânsito mais seguro. Confira algumas dicas: 

  1. Respeite os outros usuários das vias, sejam eles motoristas, pedestres, ciclistas ou motociclistas. Ceda a passagem quando necessário e tenha paciência com os demais. 
  2. Evite o uso de buzina de forma excessiva e desnecessária, pois pode causar distração e estresse em outros condutores e pedestres. 
  3. Não jogue lixo pela janela do veículo e respeite as regras de estacionamento. Contribua para a preservação do meio ambiente e para a fluidez do trânsito. 
  4. Respeite as vagas de estacionamento destinadas a pessoas com deficiência, idosos e gestantes. Essas vagas são reservadas e garantem a acessibilidade e a segurança dessas pessoas. 
  5. Esteja sempre em um estado emocional adequado para dirigir. Não dirija quando estiver cansado (a), irritado (a), ou sob forte emoção. Cuide da sua saúde mental e emocional para garantir uma condução segura. 

Conscientização 

Além de seguir as dicas mencionadas, é fundamental criar uma cultura de conscientização no trânsito. Confira algumas sugestões: 

  1. Compartilhe as informações sobre o Maio Amarelo e as dicas de segurança viária com amigos, familiares e nas redes sociais. Um trânsito mais seguro depende da participação de todos. 
  2. Participe de eventos e atividades relacionadas ao Maio Amarelo em sua comunidade. Engaje-se em ações de conscientização, como palestras, workshops e campanhas educativas. 
  3. Seja um exemplo de motorista consciente, respeitando sempre as normas de trânsito, utilizando os equipamentos de segurança corretamente e adotando uma postura responsável ao volante. 
  4. Eduque crianças e jovens sobre a importância da segurança viária desde cedo, ensinando-os sobre os riscos e as boas práticas de condução segura. 
  5. Esteja sempre atualizado sobre as leis de trânsito e busque aprimorar constantemente seus conhecimentos sobre direção defensiva, cuidados com o veículo e comportamento no trânsito. 

Ao seguir as dicas de atenção ao dirigir, cuidados com o veículo, direção defensiva e comportamento no trânsito, contribuímos para a redução de acidentes e para a construção de um trânsito mais harmonioso e seguro para todos. 

Faça a sua parte e ajude a promover uma cultura de segurança viária. Juntos, podemos fazer a diferença! #MaioAmarelo #TrânsitoSeguro 

Acompanhe nossos outros conteúdos e interaja conosco nas mídias sociais, sempre como @logisticag2l. Compartilhe essa mensagem para que ela possa chegar em mais gente! 

Gestão de Riscos: solução estratégica para sua empresa

Por redação |

Prevenir possíveis ameaças é uma parte fundamental da operação de qualquer empresa, especialmente no setor logístico e de transporte de cargas. A Gestão de Riscos (GR) permite identificar potenciais problemas que possam prejudicar a sua operação e afetar a sua empresa. 

A solução inclui a identificação de riscos, análise de impactos, desenvolvimento de planos de contingência e monitoramento contínuo para garantir a eficácia das ações implementadas. 

Identificar as possíveis fontes de ameaças pode garantir eficiência, segurança e redução de custos operacionais. Mas, para isso, um bom serviço de GR precisa superar alguns desafios ainda presentes no cenário brasileiro de logística e transporte de cargas, como podemos observar abaixo.

Principais desafios 

Um dos desafios mais comuns enfrentados pelas empresas neste setor é garantir a segurança da carga durante o transporte. Problemas como roubo, perdas ou danos à mercadoria são apenas alguns dos riscos que precisam ser considerados. 

Segundo dados mais recentes da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), o Brasil registrou R$1,27 bilhão de prejuízo financeiro causado por roubos de carga no país. O levantamento mostra, ainda, que, dentre os alvos principais, estão: alimentos, combustíveis e produtos farmacêuticos. 

Além dos problemas com roubos, perdas e danos, fatores externos também precisam ser previstos, como condições climáticas adversas, atrasos de entrega e problemas com fornecedores. 

E quando o objetivo é identificar e mitigar essas ameaças, alguns dos principais empecilhos para um Gerenciamento de Riscos de qualidade são: 

  1. Tecnologia Obsoleta: Uma frota antiga ou sem tecnologia avançada de rastreabilidade pode dificultar o monitoramento e a gestão de riscos na logística. 
  2. Falta de Dados: A falta de dados precisos e atualizados sobre as operações logísticas pode impedir a identificação precisa dos riscos. 
  3. Comunicação Deficiente: A falta de comunicação eficaz entre as partes envolvidas pode dificultar a coordenação e a implementação de planos de contingência. 
  4. Falta de Recursos: A falta de recursos, incluindo tempo, mão de obra e orçamento, pode impedir a implementação de planos de gestão de risco mais complexos, tecnológicos e eficazes. 
  5. Conhecimento Limitado: Uma compreensão limitada sobre as questões regulatórias e de segurança pode dificultar a identificação de riscos, a avaliação das dimensões dessas ameaças e a implementação de medidas de mitigação. 

Agora que você já sabe quais são os principais desafios enfrentados, vamos destacar de que forma um GR eficiente pode agregar maior valor ao seu negócio. 

 

Gestão de Riscos como solução estratégica 

Uma das melhores maneiras de proteger sua empresa contra possíveis ameaças é investir em tecnologia avançada. Sistemas de rastreamento de cargas e equipamentos de segurança podem ser utilizados para garantir a segurança da carga durante o transporte.  

Além disso, para uma operação eficiente e segura na logística, é importante investir em automação de processos e treinamento de equipe e motoristas. A automação pode minimizar erros humanos, enquanto o treinamento em práticas seguras e gerenciamento de riscos garante que todos estejam preparados para lidar com os desafios.  

Capacitar tanto a equipe quanto os motoristas que possuem frota própria é fundamental para garantir um transporte seguro e de qualidade. Investir em instrução sobre os perigos das estradas, o uso adequado das tecnologias e as melhores práticas é crucial para a Gestão de Riscos, pois não se trata apenas de preservar o patrimônio, mas também de valorizar as vidas envolvidas.

Em resumo, investir em tecnologia, treinar sua equipe e manter um registro detalhado dos riscos são medidas importantes para garantir o sucesso da sua operação. Assim, é possível garantir maior eficiência nas seguintes atividades de GR: 

  1. Melhor Identificação de Riscos: Identificação de possíveis riscos e fontes de ameaças, incluindo questões de segurança, questões regulatórias, instabilidade política e eventos climáticos. 
  2. Análise de Riscos: Análise dos impactos potenciais desses riscos na cadeia de suprimentos e na operação da empresa. 
  3. Plano de Contingência: Desenvolvimento de um plano de contingência para lidar com riscos identificados, incluindo ações de mitigação e contingências de backup. 
  4. Monitoramento e Avaliação Contínuos: Monitoramento contínuo das ameaças e avaliação das respostas implementadas para garantir a eficácia das ações de gestão de risco. 
  5. Conformidade Regulatória: A gestão de riscos deve seguir rigorosos padrões regulatórios para garantir a conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis. 

A Gestão de Riscos é uma solução estratégica para auxiliar na redução dos custos de transporte, garantir que as cargas chegarão em segurança no destino final e, assim, contribuir com maior credibilidade nas operações. 

E o que você acha disso? Siga a gente nas principais mídias sociais – sempre como @LogisticaG2L – e podemos conversar sobre Gestão de Riscos. 

Se você gostou desta publicação, compartilhe para que mais pessoas possam conferir nossas publicações! 

Semana do Caminhoneiro

A Semana do Caminhoneiro, que para nós se transformou no Mês dos Caminhoneiros, contou com uma série de conteúdos e ações em nossas unidades e redes sociais. 

Somos privilegiados por contar com a parceria de milhares de caminhoneiros e caminhoneiras todos os dias em nossas operações e aplicativo GMOV. 

Então veja abaixo alguns momentos dessa semana tão especial para todos nós. 

Confira também alguns dos conteúdos direcionados aos caminhoneiros que publicamos durante todo o mês de julho:

  • Saúde 

Na primeira semana, entre os dias 04 e 08 de julho, divulgamos materiais e dicas diárias sobre a saúde e bem-estar dos motoristas nas estradas. Práticas simples que garantem maior qualidade de vida e, consequentemente, um trânsito mais seguro. 

  • Segurança 

E por falar em segurança, este foi o tema da segunda semana do mês. Entre os dias 11 e 15, publicamos todos os diais conteúdos relacionados à segurança dos caminhoneiros e caminhoneiras. Abordamos pequenos detalhes e pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

  • Finanças 

Uma vida financeira saudável é essencial para qualquer pessoa, independente da profissão ou área de atuação, não é mesmo? Por isso, publicamos textos e vídeos sobre esse tema na última semana. Dicas práticas de como gerenciar seu dinheiro e economizar nas estradas. 

  • Homenagem aos motoristas

No dia 25 de julho, Dia do Motorista, publicamos um vídeo especial em homenagem aos caminhoneiros e caminhoneiras. Reforçamos sua importância em conectar o Brasil e transportar o progresso do nosso país. 

  • Perfil do Motorista Alex Caires

Como forma de conhecer melhor o dia a dia dos caminhoneiros, acompanhamos a história de vida de Alex Caires, motorista há mais de 20 anos. Você confere aqui sua jornada pelas estradas da vida.

Abaixo, algumas fotos dos eventos que ocorreram durante a semana nas Unidades G2L:

Agradecemos a você, motorista, por sua dedicação e responsabilidade. Temos a certeza de que, juntos, podemos lutar por melhorias nas condições das nossas estradas e pela valorização dessa categoria tão importante para o desenvolvimento do país.

Uma jornada pelas estradas da vida 

Por Redação | 

Ainda nem amanheceu e, antes mesmo dos primeiros raios de sol, já levanta de sua cama e arruma as coisas para começar o dia. Ao lado do travesseiro, a foto da família relembra suas motivações. Abre a cortina, prepara seu café e toma um banho gelado. Sem perder muito tempo, deixa tudo pronto para retomar a jornada. 

Todos os dias, atravessa centenas de quilômetros por todo o país. A cada km rodado, novos lugares, paisagens e experiências. O cheiro das lonas de freio descendo a serra são como perfume, o som do ronco do motor como melodia. E a solidão, uma fiel companheira em viagens que podem durar dias ou até mesmo semanas. 

Realidade comum a mais de 2 milhões de caminhoneiros e caminhoneiras que percorrem as estradas no Brasil, como é o caso do filho de Dona Aurita, Alex Caires. O rapaz começou a dirigir muito jovem. Logo quando chegou à maioridade, sua primeira habilitação já o permitia conduzir caminhão trucado. 

Caminhoneiro há mais de duas décadas, seus olhos já testemunharam muita coisa em todos esses anos como motorista. Por isso, usa sua experiência para manter uma direção defensiva e responsável nas estradas. 

Casado e pai de dois filhos, a responsabilidade só aumenta.  Afinal, sair de casa só faz sentido se todos puderem voltar. 

Hoje, Alex representa todos os Reis e Rainhas da Estrada que, mesmo com a saudade da família e da sua cidade, transportam o progresso e o futuro do nosso país. Carregam muito mais do que produtos, cargas e mercadorias. Transportam sonhos e histórias. 

Mas para entender melhor essa jornada pela estrada da vida, precisamos voltar ao início de tudo. Ao ponto de partida. 

Início da Viagem 

Alex nasceu em Brumado, uma cidadezinha no interior da Bahia, com pouco mais de 65 mil habitantes. Quando criança, era um menino simples, mas cultivava sonhos. Na escola, demonstrava gosto por matemática, sua matéria favorita. E quando batia o sinal, ia direto jogar bola com os amigos na praça perto de casa. 

Por mais que fosse divertido, seu olhar se desviava a todo momento para a rua ao lado do campinho. Seu real interesse já chamava a atenção: eram os carros, motos e caminhões que passavam por lá. Desde cedo, o menino demonstrava gostar de máquinas, veículos e transporte. Talvez esteja no sangue, já que a relação da sua família com o transporte de cargas começou muito antes de Alex nascer. 

Os pais contavam ao menino a história de seu avô, João Caires. Um português que veio ao Brasil e se instalou no Nordeste brasileiro. Garimpava ouro e diamante na Chapada Diamantina. Como naquela época a região ainda não contava com veículos e alternativas de transporte, João conseguiu uma tropa de animais, com burros e mulas, e passou a levar farinha, carga de cachaça e outras mercadorias entre as cidades próximas. 

Inspirado pelas histórias do avô, Alex também tinha alguns amigos de infância que compartilhavam o amor por caminhões. Tudo contribuiu e reforçou seu interesse. 

Carregando sonhos 

Aos 15 anos de idade, ajudava sua mãe na loja de confecções da família. Com o auxílio do filho, Dona Aurita Caires transportava as roupas e vendia na feira. O transporte das peças era feito por uma caminhonete, onde Alex aprendeu a dirigir.

E conforme o garoto crescia, seu objetivo era claro: “Quando eu fizer 18 anos, vou tirar minha habilitação. Quero dirigir caminhões!”. Dito e feito. Porém, esta não foi a única mudança na vida de Alex aos 18 anos. 

No mesmo ano que tirou a licença para dirigir, há mais de 25 anos, Alex se mudou para São Paulo. Um jovem rapaz, carregado de sonhos e expectativas. Na nova cidade, trabalhou em concessionária, como manobrista e outras oportunidades que apareceram. 

Na terra da garoa, também fez amigos, subiu a categoria da habilitação e finalmente conseguiu se estabilizar. Passou a frequentar uma igreja, onde conheceu Luiz Carlos Valentim, caminhoneiro e palmeirense que se tornou um importante personagem na vida de Alex. 

Bifurcações 

Nesta mesma época, surgiu a possibilidade de seguir por uma nova área profissional: mecânica de aeronaves. Logo quando chegou em São Paulo, Alex estudou por sete meses e prestou para um curso da aeronáutica. 

O destino, porém, havia reservado outros caminhos. No dia que realizaria a segunda prova, um imprevisto aconteceu. Quando estava na Marginal Tietê, a caminho do local, começou a chover torrencialmente.  

A água entrou pelo vidro do carro e molhou o braço engessado de um colega que estava junto com Alex e também faria a prova. Os dois não conseguiram comparecer e foram reprovados. 

“E se aquele dia tivesse outro desfecho?”, se perguntava com frequência. Mas Alex não deixou que essa dúvida pudesse tirar seu sono. Levantou a cabeça e seguiu em frente. E pouco tempo depois, um amigo o chamou para trabalhar como caminhoneiro. 

Trilhando novos caminhos 

No início da jornada como motorista, Alex contou com a ajuda, o incentivo e os conselhos de Luiz Valentim, aquele caminhoneiro experiente que frequentava a mesma igreja. E com o passar dos anos, se tornaram grandes amigos. Mais do que isso: sogro e genro. 

Daniela, filha de Luiz, conheceu Alex e os dois logo se apaixonaram. Segundo ele, “primeiro encantou o sogro e a sogra para depois encantar a esposa”. 

Os frutos desse amor se chamam Gabriela, uma garota de 17 anos que ama viajar com o pai, passear no shopping e pretende seguir carreira na área da tecnologia. E Samuel, um menino de 10 anos apaixonado por carros e jogos. Atualmente, quando perguntado sobre o futuro, quer trabalhar fazendo vídeos para a internet. 

“Nasceram com o meu sangue, porque gostam de estrada. Se fosse pra escolher ir de avião pra qualquer lugar do Brasil ou viajar de carro com o pai, preferem a segunda opção”, afirma Alex, com orgulho. 

Como caminhoneiro, Alex já chegou a ficar 40 dias longe de casa e descobriu que a carga mais pesada é a da saudade. Nessas situações, a música quebrava o silêncio da cabine. O rádio tocando sertanejo, como quem narra em voz alta os sentimentos mais profundos.

Nos mais de vinte anos como motorista, Alex presenciou tudo o que a estrada pode oferecer de bom e ruim. Todos os perigos, desafios, experiências e maravilhas que a vida em movimento pode proporcionar. 

Estrada à frente 

Em 2020, Alex fez testes em uma empresa de transportes e foi aprovado. Quando estava para pegar o uniforme, recebeu uma ligação da G2L. Era uma proposta!

Chegou em casa indeciso e compartilhou a situação com quem há mais de 20 anos o ajuda a tomar as melhores decisões: sua esposa. “Vá fazer a entrevista e se livre dessa dúvida”, aconselhou Daniela, com sabedoria. 

Ele fez o teste e gostou. Contratado como um dos primeiros motoristas da G2L, faz questão de seguir aprendendo e usa sua experiência para ensinar outros motoristas mais jovens.

Hoje, volta todos os dias para casa, contribui mais de perto com a criação dos filhos e consegue passar tempo de qualidade com a família.  

Alex pretende investir em educação, reativar sua faculdade de logística e aprender mais sobre a parte operacional do transporte. Quando olha para o horizonte, ele enxerga um lindo caminho pela frente.

Agora mais presente, quer ajudar Gabriela e Samuel na formação acadêmica, profissional e pessoal. Viajar com eles pelas estradas da vida que estão apenas no início.

Um ambiente que Alex conhece muito bem.  

Assista ao nosso vídeo especial em homenagem aos caminhoneiros que publicamos na última segunda-feira (25), no Dia do Motorista 

 

 

Homenagem aos motoristas

Feliz Dia do Motorista! 
 

Nessa data tão especial, reforçamos a importância de todos os caminhoneiros e caminhoneiras que transportam o progresso e o futuro do nosso país. 

Afinal, carregam muito mais do que produtos, cargas e mercadorias. Transportam sonhos e histórias de vida. 

Agradecemos a você, motorista, por sua dedicação e responsabilidade. Você transforma e conecta o Brasil todos os dias! 

Compartilhe esse vídeo em suas redes sociais, para que possa chegar em outros motoristas. Lembrando que, durante todo o mês de julho, estamos divulgando conteúdos aos caminhoneiros. 

Já falamos sobre: 

 

  • Saúde 

Na primeira semana, entre os dias 04 e 08 de julho, divulgamos materiais e dicas diárias sobre a saúde e bem-estar dos motoristas nas estradas. Práticas simples que garantem maior qualidade de vida e, consequentemente, um trânsito mais seguro. 

  • Segurança 

E por falar em segurança, este foi o tema da segunda semana do mês. Entre os dias 11 e 15, publicamos todos os diais conteúdos relacionados à segurança dos caminhoneiros e caminhoneiras. Abordamos pequenos detalhes e pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

  • Finanças 

Uma vida financeira saudável é essencial para qualquer pessoa, independente da profissão ou área de atuação, não é mesmo? Por isso, publicamos textos e vídeos sobre esse tema na última semana. Dicas práticas de como gerenciar seu dinheiro e economizar nas estradas. 

Fique atento porque ainda teremos mais conteúdos a caminho e, durante essa semana, vamos promover algumas atividades e ações em nossas filiais, como: 

 

  • Palestras sobre segurança
  • Atendimento médico
  • Distribuição de brindes
  • Café da manhã

Filiais onde ocorrerão as ações: 

Cotia (SP): Avenida Eng. Miguel Gemma, 1871 – Mogi Das Cruzes / Sp – 08780-680 

Guarulhos (SP): Rua Sisa – 450 – Guarulhos – Sp – 07221-030 

São José dos Campos (SP): Praça Cariri 303 – Chácaras Reunidas – São Jose Dos Campos – 12238-360 

Pindamonhangaba (SP): Rodovia Engenheiro Luiz Dumont Vil – Pindamonhangaba/Sp – 12442-260 

Mogi das Cruzes (SP): Rua Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar, 1401 – Vila Industrial, Mogi das Cruzes – SP, 08770-041 

Araçariguama (SP): Rodovia Presidente Castelo Branco, Km 52 – Ronda – Aracariguama – Sp – 18147-000 

Ouro Branco (MG): Rodovia Mg 443 Km 07, Fazenda Do Cadete – Portaria Norte – Ponto E-12 – Ouro Branco – Mg – 36420-000 

Divinópolis (MG): Av Gabriel Passos, 102. Bairro Por –  Divinópolis – Mg – 35500-450 

Contagem (MG): Rua José Maria De Lacerda, 1340, C –  Contagem -Mg – 32210-120 

Barão de Cocais (MG): Av Getulio Vargas, 1555, Bairro Vila Operaria – Barão De Cocais/Mg – 35970-000 

Itaguaí (RJ): Av. Canal de São Francisco, 6777 – Santa Cruz, Rio de Janeiro – 23560-900 

Aparecida de Goiânia (GO): Rua 01 Quadra 11 Lote 26 A 35 Sn Polo  – 74985-115 

Cuiabá (MT): Av. Ayrton Senna Da Silva, 675 – Distrito Industrial, Cuiabá – 78099-000 

Recife (PE): 1a Travessa Getúlio Vargas, 189-375 – Curado, Recife – 50950-000 

Simões Filho (BA): Rodovia Br 324 km 16 centro Industrial de Aratu – Simões Filho – 43700-000 

Maracanaú (CE): Av.Parque Oeste, 1400 – Maracanaú – Ce – 61939-120 

Caucaia (CE): Rod Br 222 S/N Km 32 Primavera- Distrito De Guararu – Caucaia- Ce – 61690-975 

Sapucaia do Sul (RS): Avenida Borges Medeiros, 650 –  Sapucaia Do Sul – Rs – 93212-110 

Charqueada (RS): Av. Getúlio Vargas,3200 – Charqueadas / Rs – 96745-000 

Araucária (PR): Rodovia Pr 423, Km 24,5, Bairro Passauna – Araucaria – Pr – 83705-000 

8 dicas de finanças para caminhoneiros 

Por Redação | 

Uma vida financeira saudável é essencial para qualquer pessoa, independente da profissão ou área de atuação, não é mesmo? Por isso, trouxemos algumas dicas para você, caminhoneiro e caminhoneira, conseguir poupar e gerenciar seu dinheiro. 

Uma pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) mostrou que 46% dos brasileiros não controlam seu orçamento. Quando perguntados, não sabem quanto gastam, quanto pagam de juros, o valor de seus rendimentos mensais e nem se planejam financeiramente para imprevistos. 

Tudo isso dificulta tomar decisões mais conscientes e econômicas. Luiz Camargo, Especialista de Planejamento Financeiro na G2L, conta pra gente algumas dessas pequenas ações no dia a dia que ajudam a ter maior controle das finanças. 

“O primeiro passo é separar suas finanças pessoais das profissionais. Isso irá auxiliar no seu planejamento e tomada de decisão”, comenta. Dessa forma, é possível decidir os limites de gastos pessoais e relacioná-los com os objetivos de curto, médio e longo prazo. 

Luiz Camargo, Especialista de Planejamento Financeiro na G2L, abre a semana sobre finanças aos motoristas

Além disso, a simples organização das finanças pessoais e profissionais pode contribuir de diferentes formas, como: 

  • Gerenciar o risco através de previsão de momentos de incerteza; 
  • Ter visibilidade do seu negócio e rentabilidade; 
  • Organizar ações para diminuir os riscos e aproveitar as oportunidades; 
  • Honrar com as obrigações legais; 

 

Ao falar das finanças profissionais, é fundamental que o motorista organize entradas e saídas de forma adequada. Sabemos que não é uma tarefa fácil, mas, ao inserir em sua rotina o controle financeiro, o resultado será nítido. Aqui vão algumas pequenas ações que podem ajudar no dia a dia:  

  • Elabore um controle detalhado das suas finanças, pode ser através de uma ferramenta contratada, uma planilha no computador ou até mesmo em um caderno ou agenda; 
  • Comece categorizando as entradas e saídas em receitas e despesas; 
  • Crie subcategorias para suas despesas e entenda onde está seu maior desembolso e crie estratégias para reduzir estes gastos, como por exemplo: Combustível, Pedágio, Alimentação, Hospedagem, Manutenção, Outros. 
  • Crie indicadores para facilitar o acompanhamento da rentabilidade de forma segregada, como por exemplo, agrupar as receitas, despesas e quantidade de Km rodados por viagem 
  • Faça o acompanhamento por prestação de serviço anotando a empresa que solicitou o serviço para entender sua lucratividade por cliente. 

 

Nas finanças pessoais, o planejamento estará sempre atrelado ao profissional, tendo em vista que sua remuneração é proveniente do seu esforço de trabalho, portanto o primeiro passo é definir suas projeções de negócio e entender qual será sua remuneração. 

  • Você pode definir um valor fixo mensal para ter como renda pessoal desde que seu negócio lhe proporcione isto, caso contrário crie métricas variáveis para seu salário mensal. 
  • Com o planejamento de seu salário mensal, faça as estimativas de suas despesas, reservando valores para os gastos essenciais como moradia, lazer, saúde e outros. 
  • Reserve um percentual fixo do seu salário para poupar (estudos indicam 30% como um valor razoável), assim poderá contar com reserva de segurança para seu futuro; 
  • Faça sua reserva de emergência (resumidamente, este valor deve representar o equivalente a 6 meses dos seus gastos médios) para momentos de incerteza. 
  • Revise periodicamente seu planejamento e faça ajustes necessários; 

 

Um outro grande ponto de atenção é o local onde você deixa seu dinheiro. Segundo uma pesquisa do SPC Brasil, 6 em cada 10 pessoas ainda guardam seu dinheiro na poupança. Mas essa não é nem de longe a melhor opção. Isso porque, na poupança, o dinheiro pode render menos que a inflação, nome dado ao aumento dos preços de produtos e serviços.

Ou seja, na realidade seu patrimônio estaria se desvalorizando com o tempo, ao invés de aumentar. Por isso é importante pesquisar por alternativas no mercado que estejam mais alinhadas ao seu perfil (risco) e expectativas (curto, longo prazo). Algumas alternativas de baixo risco, como Tesouro Direto e contas digitais com rendimento diário (CDB). 

Então, podemos resumir tudo em oito dicas principais: 

  1. Saiba separar os gastos profissionais e pessoais 
  2. Faça uma lista com todos os gastos 
  3. Utilize algum aplicativo ou planilha para monitorar as saídas e entradas de dinheiro 
  4. Tenho um fundo de emergência 
  5. Gaste menos do que ganha 
  6. Não dependa da poupança para guardar o dinheiro 
  7. Se possível, faça manutenções preventivas no veículo 
  8. Evite gastos desnecessários 

Entender suas fontes de receitas e despesas é essencial para se ter uma saúde financeira ajustada à realidade, evitar surpresas e se preparar para imprevistos. Então, busque estabelecer uma rotina de aprendizado, entre uma viagem e outra tome um tempo para ler um livro, se inscreva em canais de finanças pessoais e melhore sua visão sobre negócio. O conhecimento é o melhor companheiro desta jornada. 

O que você achou dessas dicas? Conta pra gente através dos nossos canais de contato e interaja conosco nas mídias sociais, sempre como @logisticag2l! 

Se você gostou desta publicação, compartilhe em suas redes para que mais pessoas possam conhecer essas dicas de finanças e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo! 

7 dicas de segurança para os caminhoneiros

Por Redação | 

Acidentes rodoviários estão entre as 10 maiores causas de óbitos no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Somente em 2021, a Polícia Rodoviária Federal registrou 63.447 ocorrências em rodovias federais. Foram perdidas 5.391 vidas e, deste total, 854 pessoas eram ocupantes de caminhões. 

São números tristes que reforçam ainda mais a responsabilidade de todos em contribuir para um trânsito mais seguro. Em um ambiente violento e inseguro, corre mais riscos quem passa muito tempo nele, como é o caso dos caminhoneiros. No ano passado, considerando todas as vias, o Brasil registrou mais de 45 mil acidentes envolvendo caminhoneiros, segundo dados do IBGE. 

Entre as causas dos acidentes nas estradas, é possível classificar três principais fatores: humano, mecânico e vias. 

 

Fator humano: 

  • Excesso de velocidade 
  • Combinar direção e bebidas alcoólicas 
  • Uso de celular ao volante 
  • Não usar setas 
  • trafegar muito próximo ao veículo que vai à frente 

 

Fator mecânico: 

  • Pneus 
  • Freios 
  • Faróis 
  • Vela 
  • Filtros 
  • Correia dentada 
  • Radiador 
  • Sistema elétrico 
  • Combustível 

 

Condição das Vias:                                                               

  • O estado de conservação 
  • As condições da sinalização 
  • A falta de acostamento 
  • A falta de passarelas 

Ao considerar todos esses possíveis riscos e muitos outros que não citamos aqui, precisamos reforçar a importância do nosso papel individual nas estradas, ao manter a atenção redobrada, os cuidados constantes e ações de preventivas. 

Por isso, separamos algumas dicas básicas e práticas de segurança. Alguns pontos de atenção que fazem toda a diferença ao garantir que todos possam voltar bem para suas casas. 

 

1. Fazer manutenção regular no veículo 

Realizar manutenção frequente é uma forma de diminuir consideravelmente as chances de acidentes pelo fator veicular. Como citado acima, com atenção especial aos pneus, freios, faróis, lâmpadas, luzes, limpadores de para-brisa, vela, filtros, correia dentada, radiador, sistema elétrico e combustível. 

 

2. Sempre use o cinto de segurança 

Usar o cinto de segurança, além de ser obrigatório por lei desde 1997 em todo o território nacional, evita que as pessoas se machuquem gravemente em 80% dos casos de acidente, segundo levantamento da Rede Sarah. 

 

3. Não utilize o celular enquanto dirige 

Um dos grandes causadores de acidentes no trânsito é a desatenção. E os celulares, com cada vez mais recursos e funcionalidades, são uma grande fonte de distração. Usar o celular ao volante é algo que pode tirar seus olhos da pista por segundos valiosos. Se precisar usar o aparelho, estacione o veículo. 

 

4. Mantenha-se na velocidade permitida 

Em muitos casos, a busca por maior agilidade nas entregas pode criar uma pressão desnecessária e perigosa. Por medo de atrasos, o motorista acaba correndo demais e deixando a segurança de lado. Portanto, procure seguir os limites de velocidade. Nenhum prazo de entrega vale mais do que a vida. 

 

5. Atenção nas ultrapassagens 

Sabemos que em alta velocidade, qualquer deslize pode gerar acidentes. Então, mantenha-se atento. Quando for ultrapassar, não se esqueça de observar pelo retrovisor se não há outro veículo tentando realizar uma ultrapassagem, sinalize com a seta, dê um breve torque na buzina e acelere em uma marcha mais forte. É importante usar os recursos como a seta e buzina para se comunicar e deixar evidentes suas intensões de manobra. 

 

6. Mantenha distância do veículo que vai à frente 

A distância de seguimento é extremamente importante em situações de emergência. Manter uma distância segura entre veículos possibilita frear mais suavemente e evitar colidir com a traseira do veículo que estiver à sua frente. A distância segura é de um carro para cada 20 km/h, ou seja, caso esteja a 60 Km/h, a distância do veículo da frente deve equivaler a três veículos. 

 

7. Não combine direção e bebidas alcóolicas 

Uma das maiores causadoras de acidentes no trânsito é a ingestão de álcool no volante, segundo o Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro. Pensando nisso, organize seus horários para beber apenas em dias de folga e quando não precisar dirigir. É uma forma de preservar a sua vida e a de todos que estão nas ruas e estradas. 

 

Voltar para casa em segurança é um direito de todos e, por isso, sempre reforçamos em nossas redes sociais e treinamentos internos com nossos motoristas parceiros a necessidade de uma condução defensiva. 

Antes de cada ação, devemos pensar nos nossos familiares que esperam ansiosamente por nosso retorno, bem como os entes queridos de todos que saíram às ruas e em algum momento cruzarão nosso caminho. 

O que você achou das nossas dicas de segurança? Muitas delas podem ser usadas e adaptadas não apenas para caminhoneiros, mas para todos. 

Se você gostou desta publicação, compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possam conhecer essas dicas e seguir com a gente #NaRotaDoFuturo!